Blog

O que é SWIFT, BIC e IBAN? Onde Encontrar Esses Códigos?

22 Jul 2021 - Categoria: Blog /
enviar dinheiro

Para quem quer saber como fazer uma transferência bancária internacional, é necessário conhecer alguns códigos exigidos ao realizar as operações. Você sabe o que é, por exemplo, SWIFT, BIC ou IBAN? Se a resposta é não, nós te explicamos neste artigo.

É comum que quem nunca precisou realizar uma transferência internacional fique confuso e se pergunte o que, afinal, significam essas siglas e como encontrar esses números. A explicação, por sorte, é bem simples.

Assim como o nome ou número de seu banco, sua agência e sua conta são necessários para realizar uma transferência bancária nacional comum, os códigos SWIFT/BIC e IBAN identificam sua conta a nível internacional.

De forma prática, quando alguém realiza uma transferência internacional, o banco emissor gera uma mensagem codificada, o código BIC ou SWIFT, que indica de que forma o dinheiro vai chegar ao seu destino e todos os detalhes da operação (quantidade de dinheiro, câmbio, número da conta — o IBAN —, bancos envolvidos, etc). Isso serve como uma espécie de registro da operação, tornando-a mais segura tanto para quem envia, quanto para quem recebe o dinheiro.

Para não se perder no meio de todos esses códigos dos bancos e evitar cometer erros na hora de fazer uma transferência, entenda melhor o que cada um significa e como encontrá-los.

Resumo

Entenda o SWIFT Code ou BIC

O código BIC (Business Registration Code - Código De Registro de Empresa), também chamado de SWIFT (Society for World Interbank Financial Telecommunication - Sociedade de Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais, autoridade responsável por registrar os códigos e garantir uma padronização), nada mais é do que uma combinação única de oito a 11 caracteres usada para identificar internacionalmente um banco e suas filiais específicas.

Você pode pensar no código SWIFT/BIC como o equivalente aos números de banco e agência que usamos no Brasil. A estrutura do código é dividida em quatro blocos que indicam respectivamente a entidade bancária, o país, a cidade/estado/província e o código da filial. (Ex: AAAA BR SP XXX)

Fica claro, então, que o mesmo banco pode ter vários códigos BIC, já que eles variam de acordo com o país, província e filial. Portanto, o BIC correto que deve ser informado em um processo de transferência deve ser verificado para não haver nenhum tipo de erro que pode resultar no retorno da transferência. O BIC ou o SWIFT são disponibilizados pelas agências, mas também podem ser encontrados na maioria das vezes via internet banking ou aplicativo.

Ressaltamos que, apesar de existirem sites na internet nos quais é possível pesquisar o código de um banco e a agência específicos, verificar diretamente com o próprio banco é a melhor forma de ter certeza de que você está apresentando o código correto na hora de fazer uma transferência internacional, e é o único método que recomendamos.

Entenda o IBAN

Se o SWIFT é o equivalente ao código do banco e da agência, o IBAN é equivalente ao número da conta, correto? Quase isso! Na verdade, o IBAN também identifica o país do banco e a agência, ele é, aliás, mais abrangente que o SWIFT, e sozinho é suficiente para a realização de uma transferência bancária.

O IBAN, sigla para International Bank Account Number (Número de Conta Bancária Internacional), foi criado em 1997 para facilitar as transferências entre países da União Europeia, é o código do banco que serve para identificar cada conta corrente de maneira única na zona de pagamentos em euros, que inclui atualmente 34 países. Na prática, o IBAN permite realizar uma transferência entre países da zona do euro como se fosse uma operação nacional.

Graças a essa praticidade, hoje ele já é utilizado também fora da UE, por 69 países, incluindo o Brasil.

A sequência é composta por no máximo 34 caracteres. No Brasil, utilizamos “apenas” 29, de acordo com o que foi regulamentado pelo Banco Central em 2013 através da circular número 3.625.

Esses 29 números representam o código do país do banco (BR) e o código de controle desse país, que são então sucedidos pelo código do banco, o código da filial, o código de controle, o tipo de conta (corrente ou poupança) e o código da conta de cada um.

Esse se tornou o padrão de identificação para transferências internacionais no Brasil. Para encontrar o IBAN de sua conta, é possível utilizar ferramentas online. Contudo, a melhor forma continua sendo solicitar ao seu banco o número completo.

Quando é necessário informar o IBAN ou SWIFT code?

Sempre que você estiver fazendo uma transferência para uma conta bancária de outro país ou para outro país será necessário identificá-la através de números padronizados como esse. Na maioria das vezes, do IBAN, seja da conta emissora ou da receptora — ou ambas.

É importante preencher todos os dados corretamente para evitar que a transferência seja retornada, atrasando ainda mais um processo que já é demorado, visto que, neste caso, estamos lidando com transferências entre bancos tradicionais.

Como fazer uma transferência internacional bancária mais rápida e barata

Por mais que pareça lógico realizar uma transferência internacional por meio de bancos, por sua segurança e aparente praticidade, os serviços de envio de dinheiro online são, na verdade, os métodos mais rápidos. Além de que são tão seguros quanto os bancos e oferecem taxas mais baratas, a um câmbio menor.

Serviços online como a Small World te permitem simular sem compromisso exatamente quanto o destinatário receberá e realizar sua transferência em instantes. Isso acontece porque essas empresas são especializadas em transferências internacionais e contam com uma rede imensa montada somente para esse fim. Diferente dos bancos que focam em transações nacionais.

De qualquer forma, isso não isenta o usuário de inserir os códigos de banco necessários para realizar a operação que quiser, a fim de garantir segurança e evitar retornos de transferências. O número da conta bancária, por exemplo, é essencial. O que significa, em alguns casos, inserir o código IBAN, que, agora, depois de ler todas essas dicas você já sabe para quê serve como obtê-lo.



Usamos cookies e outras ferramentas de análise que nos ajudam a entender como você usa nossa página e com isso criar uma experiência mais adaptada para nossos usuários. Ao selecionar "Aceitar", você esta de acordo com o uso de cookies. Mais informação.