Blog

Conheça a moeda argentina

10 Jun 2022 - Categoria: Blog /
argentina currency

A Argentina é conhecida por ser a terra do tango e do futebol, mas é muito mais do que isso. Neste artigo, vamos conhecer a moeda argentina e como ela se compara ao euro e ao real.

O nome da moeda argentina é peso argentino, símbolo “$” e ISO “ARS”. Ela começou a circular em 1992, quando passou a substituir a moeda antiga, o austral, como medida para combater a hiperinflação que acometia o país naquela época.

Aliás, a inflação continua sendo um problema para o país latinoamericano, o que desvaloriza a moeda e diminui o poder de compra da população. Por isso, é importante ter esse dado em conta antes de realizar a conversão da moeda argentina.

Resumo

Conversão da moeda argentina

Se realizamos a conversão da moeda argentina para o euro e para o real, vemos o quanto ela é desvalorizada devido à inflação, que foi de 55,1%em março de 2022. Atualmente, um peso argentino vale 0,0077 euros e 0,040 reais.

Para tentar mitigar a situação, o governo estabeleceu aumentos gradativos do salário mínimo. A partir de 1₀ de abril de 2022 ele passou a ser de $38.940 (aproximadamente R$1.538,29 e 300,90€). Em junho, ele subirá para $42.240 (R$1.667,88 e 326,40€). Em agosto, será de $45.540 (R$1.798,18 e 351,90€). E, a partir de 1₀ de dezembro, $47.850 (R$1.889,59 e 369,75€).

Buenos Aires: custo de vida

Agora que já sabemos qual é a moeda utilizada na Argentina e com a sua conversão feita, vejamos qual é o poder de compra que ela confere à população, e comparemos o custo de vida em Buenos Aires, capital a, com o custo de vida em São Paulo e em Lisboa.

Vamos nos centrar primeiro no custo de vida em Buenos Aires. Por ser a capital do país, será uma das cidades mais caras, o que é importante ter em conta caso você pretenda visitar ou se mudar para a Argentina.

Os dados são baseados nas informações do site Expatistan.

Despesas básicas Preço em ARS
Aluguel de um apartamento de 85 m2 mobiliado em uma zona média 72.011
Aluguel de um estúdio de 45 m2 mobiliado em uma zona média 62.034
Gastos de luz, água e eletricidade para 2 pessoas em um ap. de 85 m2 43.079
Gastos de luz, água e eletricidade para 1 pessoa vivendo em um estúdio 3.891
Mensalidade de 8mbps de internet 2.277
Um litro de leite 135
Uma dúzia de ovos 278
Mensalidade do vale transporte 3.115
Duas entradas de cinema 1.387

Se considerarmos a realidade de uma pessoa que mora sozinha em um estúdio e utiliza o transporte público, seus gastos mensais somam, no mínimo, $73.117. Isso representa 187% do salário mínimo argentino estabelecido em abril. Ou seja, para bancar o custo de vida mencionado, um argentino teria de ganhar quase dois salários mínimos ao mês.

Quanto é a moeda da Argentina e quanto ela vale em real?

Afinal de contas, quanto vale a moeda argentina em real? Vamos, então, comparar os custos de vida. De acordo com o Expatistan, ele é mais ou menos o mesmo em São Paulo e em Buenos Aires. Por outro lado, a capital argentina tem aparentemente um custo de vida 11% mais barato do que Lisboa, a capital portuguesa.

O comparativo será em euros e levaremos em consideração o salário médio — não o mínimo —, de cada país. De acordo com o levantamento mais recente do jornal argentino Clarín, o salário médio na Argentina é de $71.363.

Buenos Aires São Paulo Lisboa
Salário médio $ 71.363 (551,64 €) R$ 1.921,19 (372,61 €) 1.717 €
Aluguel de um estúdio mobilizado de 45 m2 mobiliado em uma zona média $ 62.034 (479,53 €) R$ 2.413 (464,97 €) 1.174 €
Gastos de luz, água e eletricidade para 1 pessoa vivendo em um estúdio $ 3.891 (30,08 €) R$ 850 (164,85 €) 88 €
Mensalidade de 8mbps de internet 2.277 (17,60 €) R$ 79 (15,32 €) 34 €
Mensalidade do vale transporte $ 3.115 (24,08 €) R$ 268 (51,98 €) 38 €
Duas entradas de cinema $ 1.387 (10,72 €) R$ 71 (13,77 €) 15 €

Em primeiro lugar, vale observar que o salário médio na Argentina supera o brasileiro, ainda que seja inferior ao português. Agora, vejamos se as respectivas populações ganham o suficiente para bancar o custo de vida em cada uma das cidades mencionadas.

Peguemos como exemplo a internet. Em Buenos Aires, a mensalidade da internet consome 3,19% do salário médio, mais ou menos o mesmo que no Brasil: 4% do salário. Já em Lisboa, o gasto representa apenas 1% do salário médio.

Se falamos de uma necessidade básica, como moradia, em Buenos Aires o aluguel de um estúdio de 45 metros quadrados, mobiliado, em uma zona normal da cidade, consome 86,9% do salário médio.

Em São Paulo, o salário médio não é suficiente para pagar um apartamento nessas mesmas condições: seria necessário ganhar 25% a mais do valor do salário médio apenas para poder custear o aluguel, sem levar em consideração contas adicionais.

Já em Lisboa, o aluguel de um estúdio similar tomaria 68% do salário médio, sobrando muito pouco para comida, contas, lazer, etc.

Envie dinheiro com a Small World

Se você precisa fazer transações com a moeda argentina estando em outro país ou transferir dinheiro de Buenos Aires, por exemplo, para o Brasil ou Portugal não hesite em optar por serviços como a Small World.

Nós nos especializamos em envios de remessas internacionais, garantindo segurança, rapidez e transparência à sua transação. Além disso, oferecemos as melhores taxas de câmbio do mercado.

Realize uma simulação em nosso site ou em nosso aplicativo. O primeiro envio sai totalmente livre de taxas adicionais!


Cookies

Usamos cookies e outras ferramentas de análise que nos ajudam a entender como você usa nossa página e com isso criar uma experiência mais adaptada para nossos usuários. Ao selecionar "Aceitar", você esta de acordo com o uso de cookies. Mais informação