Blog

Validade do diploma brasileiro na Europa

29 Out 2020 - Categoria:
send money

Neste post falaremos sobre uma questão extremamente importante para você que tem interesse em trabalhar ou estudar no exterior: validade do diploma brasileiro na Europa. Se você deseja conseguir boas oportunidades, precisará comprovar o seu nível de conhecimento de uma forma válida em território estrangeiro. 

Embora esse processo varie de país para país, suas etapas essenciais são semelhantes, e é sobre elas que falaremos aqui. Entenda como funciona a revalidação e descubra quais os documentos necessários. 

Como funciona a revalidação de diploma?

Você deve começar a sua preparação ainda no Brasil separando toda a documentação necessária.

Tenha em mãos o seu diploma e histórico escolar. É importante que sejam documentos originais, com selo e assinatura da universidade. Você provavelmente precisará fazer um requerimento com antecedência, então fique atento!  Além disso, se possível, separe também os programas das disciplinas do curso com descrição de cargas horárias, o que pode facilitar e muito o processo de equivalência. 

É preciso ainda considerar as especificidades de cada diploma. Se você é formado em direito, por exemplo, e gostaria de atuar em países estrangeiros, saiba que alguns locais exigem que você comprove posse de uma residência legal no país. 

Cada profissão terá suas próprias exigências. Nossa recomendação é que você procure saber mais sobre como é regulamentada a sua profissão no país de interesse e se prepare de acordo com os requisitos específicos para o seu caso. 

Não é tão complicado quanto parece, e você ainda pode contar com uma comissão especializada para orientação, se preferir. Existem instituições que trabalham estritamente com essas questões.

Como fazer para validar diploma brasileiro na Europa?

São 4 as etapas básicas para resolver a questão da validade do diploma brasileiro na Europa, e elas podem ser um pouco demoradas, principalmente por dependerem de dois governos, do Brasil, e o do seu país de destino. Sendo assim, não deixe para última hora, comece a se preparar o quanto antes.

Documentação necessária 

Comece pelos documentos. A documentação pode variar de uma instituição para outra, no entanto, alguns documentos essenciais são exigidos em todos os países da Europa. Em todo caso, não deixe de certificar as exigências da sua universidade de escolha. 

A documentação básica inclui:

  • Diploma original
  • Certificado de notas
  • Histórico da faculdade com os programas de disciplinas e cargas horárias
  • Documentos específicos listados pela instituição no exterior
  • Alguns países também requerem um exame de proficiência da língua

Tradução juramentada

A validade do diploma brasileiro na Europa depende da tradução juramentada. A tradução deve ser solicitada sempre que o país pretendido não for de língua portuguesa, e não pode ser feita por qualquer profissional, mas deve ser uma tradução legal de seus documentos no Brasil. 

Ela pode ser realizada em cartório, por meio de uma empresa ou profissional associado à junta comercial de seu estado.

Você precisará ter em mãos a tradução juramentada de seu diploma e do histórico acadêmico antes de poder prosseguir com o Apostilamento de Haia.

Apostilamento de Haia

A apostila de Haia é na verdade um certificado emitido em cartórios e tabelionatos específicos que legitima os documentos expedidos pelo governo brasileiro.

Essa certificação teve origem na Convenção de Haia, um tratado internacional criado em 1961, por isso o seu nome. O acordo diz respeito a legalização de documentos estrangeiros e passou a vigorar no Brasil em 2016. Mais de 110 países fazem parte da Convenção. Para consultar a lista de membros, acesso o site oficial do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Prova de proficiência

Embora não seja uma regra, muitas instituições irão requerer um certificado de proficiência junto aos seus documentos. De qualquer forma, falar com fluência a língua local e entender a população será de grande valia para o seu desenvolvimento no país. 

Para língua inglesa, o mais pedido para o processo de validade do diploma brasileiro na Europa é o IELTS. As notas vão de 0 a 9, a inscrição pode ser feita pela internet e o valor gira em torno de 750 reais. 

Quanto custa a validação?

Precisamos admitir que a validade do diploma brasileiro na Europa pode acabar custando caro. Os custos desse processo variam entre 500 e 3 mil reais, a depender de quais serão os documentos exigidos pelo governo brasileiro e do país para onde você pretende ir.  O seu orçamento deve incluir o valor do apostilamento de Haia, que muda de acordo com o Estado e região de escola, e pode custar de 30 a 120 reais.

 Se for necessário a prova de proficiência, você terá ainda um gasto com o exame, os mais baratos giram em torno de 200 reais. Sua escolha deve considerar as exigências da instituição de seu interesse. 

Como transferir dinheiro para o exterior?

Para realizar o pagamento para uma pessoa ou instituição no exterior será necessário primeiramente encontrar uma forma prática de enviar o seu dinheiro para fora do país. Mesmo se você não estiver familiarizado com a prática, saiba que essa questão não será empecilho para seus planos.

 A Small World é a sua plataforma de transferência internacional. Você pode tanto enviar como receber pagamentos, sempre de forma rápida, segura e com as melhores taxas do mercado. 

Usamos cookies e outras ferramentas de análise que nos ajudam a entender como você usa nossa página e com isso criar uma experiência mais adaptada para nossos usuários. Ao selecionar "Aceitar", você esta de acordo com o uso de cookies. Mais informação.